MOVIMENTO GERENCIAL

VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL QUE LEVA ÀS ALTURAS

SR Penha premiou agências por Alta Performance com passeio de balão

A Superintendência Regional da Penha premiou, no mês de julho, as agências a ela vinculadas que se destacaram por atingir o nível de Alta Performance. Sempre com ideias inovadoras, a SR bonifica constantemente seus empregados, além dos fechamentos de ciclos, com destaque aos resultados do Programa Realize.Caixa. As campanhas são alinhadas às da Matriz com comunicação transparente e ágil. Os acompanhamentos são pelos instrumentos de gestão da CAIXA para que todos saibam as regras. Os prêmios variam de livros, camisetas de times e eletroeletrônicos a passeios de barco e de balão, como no último semestre.

“Todos os nossos Gestores já foram reconhecidos, afinal, o resultado da Superintendência se constrói com a participação de todos”, afirmou a Superintendente, à época, da SR Penha, e atual da SR ABC, Claudia Ramos de Oliveira Santos, “a mobilização deve ser constante. É princípio fundamental ao trabalho em equipe. Os profissionais querem e merecem “ser vistos”! A meritocracia tende a diminuir a necessidade de cobranças pontuais, pois as pessoas se mobilizam a realizar cada vez mais. Podemos ir muito al ém porque o nosso melhor não tem limites!”

A ação é inspiradora e há expectativas de novas campanhas e premiações! A motivação de todos foi notória, segundo a superintendente, até dos não premiados que prometeram se dedicar para obter a premiação. Para ela, o impacto é tenaz e fértil, embora, às vezes, percebido de imediato, mas na maioria das vezes, um agradecimento ou um elogio por ser do time já refletem muito de modo positivo.

Claudia disse que sempre buscou trabalhar com meritocracia por crer que as pessoas se movem pelo reconhecimento. Logo, pretende manter a premiação por tempo indeterminado, variando o formato para manter toda a equipe engajada.

Sobre o sentimento como Superintendente, ela disse estar feliz e realizada, além de agradecida a todos pela dedicação e empenho diários: “quanto mais feliz trabalhamos, melhores resultados conquistamos. São as pessoas que fazem a CAIXA ser uma grande empresa. A atuação dos nossos gestores é essencial para alcançarmos o que foi planejado!”.

Ela finaliza com uma mensagem motivadora aos colegas que diariamente transpõem obstáculos: “enfrentar desafios é um ciclo natural da vida, mas a diferença é como os encaramos. O empregado CAIXA é essencialmente batalhador e supera desafios constantemente. Não é a situação que nos define, são as decisões que tomamos!”

“Ao entrar no balão, senti frio na barriga, principalmente, ao deixar o solo. No alto, a 600 metros do chão, foi uma experiência única e incrível; uma sensação de liberdade e prazer enorme! Nunca me imaginei voando de balão, mas depois dessa experiência, quero repeti-la mais vezes. Sempre somos surpreendidos positivamente pela Cláudia e pelo colegiado da SR Penha com campanha criativa e inovadora, uma forma de reconhecimento incrível e inusitada como o passeio de balão! A Cláudia, profissional que tenho profundo respeito, carinho e admiração, têm me inspirado e proporcionado “voar alto” nos negócios e resultados de Alta Performance, além de, literalmente, no passeio de balão”.

Henrique Fernandes, Gerente Geral, Agência da Vila Carrão

“O passeio foi mágico, um reconhecimento impressionante que recarregou as baterias para seguirmos a frente. Várias agências participaram da aventura fortalecendo a união entre os colegas da SR. Fez-me pensar em formas mais criativas e inovadoras para reconhecer o time da agência em que trabalho”.

Renata Nobre de Faria e Souza Cardenuto, Gerente Geral, Agência Itaquera


FENAG tem novo presidente. Missão concluída, trabalho que continua!

Tive a honra de, nos últimos quatro anos, exercer o cargo de Presidente da FENAG, uma instituição extremamente renomada e importante para a classe gestora e também para a CAIXA. Foi um período gratificante, marcado por importantes lutas e transformações no Movimento Gerencial.

A Federação – através da atuação de uma diretoria comprometida e engajada – ganhou maior notoriedade e galgou importantes conquistas. Sim! Concluímos a nossa missão de exercer a representatividade dos gestores junto à CAIXA e à sociedade, conforme preconizado na VISÃO.

Dentre as ações que delinearam a gestão, destaco a liberação do Presidente, após negociação com a CONTRAF, para atuar exclusivamente pela FENAG. Essa disponibilidade de tempo possibilitou uma intensa dedicação para difundir os nossos propósitos e ideais. Foram realizadas visitas a 28 das 31 AGECEF ramificadas em todo o território nacional.

Laços se estreitaram por meio de reuniões, palestras, solenidades de posse e tantos outros congraçamentos que, irrefutavelmente, nos uniu ainda mais e nos fez constatar que, apesar da distância física que nos separa, somos UM, somos AGECEF, somos FENAG e, é claro... Somos CAIXA!

NA CAIXA...

Na Empresa, o nosso trabalho foi incisivo. Com argumentos bem apresentados e a sinergia gerada por objetivos comuns, ampliamos o nosso espaço para a comunicação com os Gestores, Superintendentes, Diretores e Vice-Presidentes. Nesse período, obtivemos abertura para o diálogo aberto com os três Presidentes que lideraram a Instituição: Jorge Hereda, Miriam Belchior e Gilberto Occhi. Levamos propostas e apresentamos demandas importantes a serem solucionadas.

NA REPRESENTATIVIDADE

Todavia, não nos furtamos a acionar a Empresa, judicialmente, quando os acordos tornavam-se inviáveis e os direitos da categoria, consequentemente, eram atingidos. Um claro exemplo foi, a ação judicial contra as alterações do RH 184, referente a incorporação de função gratificada.

Por diversas vezes nos reunimos com deputados e senadores a fim de dar ênfase às bandeiras levantadas pelo Movimento e defendendo a CAIXA enquanto instituição pública, forte e salutar à nação brasileira. Estávamos lá e sempre estaremos.

Consolidamos parcerias com as demais entidades representativas dos empregados e aposentados vinculados à CAIXA: Federação dos Empregados – FENAE, Federação dos Aposentados – FENACEF, Associação dos Advogados – ADVOCEF, Associação dos Engenheiros e Arquitetos – ANEAC, Associação dos Auditores – AUDICAIXA.

Ampliamos nossa participação no CONECEF, participando ativamente com proposituras concretas, que passaram a fazer parte pauta de negociações do Acordo Coletivo. Nos aproximamos cada vez mais do debate que envolve A FUNCEF, tendo agendas permanentes com os dirigentes eleitos e indicados pela patrocinadora. Tanto em visitas, quanto em abertura de espaço para que eles possam trazer informações, sobre a Fundação, em nossos eventos.

Passamos também a participar, de forma independente, dos processos eleitorais internos da Empresa e da FUNCEF. Tais medidas propiciaram com que a Federação, fosse mais conhecida e respeitada por todos. Em todos os processos obtivemos excelentes resultados, comprovando que o nosso poder de atuação está cada vez mais sólido.

NO PLANEJAMENTO

A frequência das realizações de encontros entre presidentes de AGECEF aumentaram: foi criado o Fórum de Presidentes, que junto aos dois ENAGECEF, passaram a ser quatro encontros anuais com os líderes do Movimento, momento de planejamento e elaboração de propostas. Além disso, também são realizados encontros regionais em todo o Brasil. Resultado deste trabalho de equipe! O aumento de mais de 20% nas adesões às Associações.

NA ESTRUTURAÇÃO DA FENAG

Nossos canais de mídia foram exponencialmente ampliados. Criamos o jornal da FENAG, lançamos o APP FENAG, aplicativo ágil e prático de ser acessado, basta baixar e ficar por dentro de todas as nossas notícias. Também demos cara nova à nossa fanpage, com novo design e inclusão de notícias.

Criamos ainda a empresa FENAG Educação Corporativa e Participações, iniciativa que visa, em primeiro lugar, contribuir com a Empresa, na formação e qualificação de nossos Gestores, aproveitando, inclusive, a experiência do corpo funcional especializado em treinamento e gestão, composto por líderes que já se aposentaram da Empresa.

Firmamos sociedade comercial, através da empresa citada acima, com a RDC Férias constituindo a FENAG Férias, que tem o objetivo de levar lazer, entretenimento e qualidade de vida aos Gestores, demais empregados e seus grupos de relacionamento.

COMO ATINGIMOS ESSE PATAMAR...

Isso tudo é resultado do Planejamento Estratégico, constituído em 2014. Nesse momento paramos e pensamos “quem somos?”, “ para que servimos? ”, “ representamos de fato? ”, “ para onde vamos? ”, as repostas vieram do resultado do trabalho que fizemos, congregando mais de 120 gestores para pensar o futuro da entidade. Estabelecemos os valores, a missão e a visão, que norteiam as ações estratégicas da FENAG a partir daquele momento.

QUE VENHAM GRANDES CONQUISTAS...

Quero aproveitar para desejar sucesso ao nosso novo presidente, Almir José de Sousa, que se constituiu durante minha história na FENAG, como um verdadeiro irmão. Caro amigo, de fato a tarefa é árdua, nos leva a pensar em largar em alguns momentos, não somos compreendidos em outros, cobrados em muitos... Mas lhe digo que vale a pena! Há 23 mil gestores vinculados a CAIXA e eles esperam que olhemos por eles, que atuemos em suas defesas e lhes apresentemos soluções para tantos anseios que hoje precisam de atenção. Minha missão se conclui aqui, mas o nosso trabalho, através da união, certamente continuará. Conte sempre com meu apoio!

Nilson Moura

Fonte: http://www.fenag.org.br


Inicia uma série de ações que beneficiarão os novos Associados!

Aproveitando o clima propício do mês de junho, marcado pelo friozinho e o Dia dos Namorados, a AGECEF/SP lançou, entre os dias 12 e 30 de junho, a campanha “Junho no Cinema”.

Cada associado ingressante foi contemplado com um par de ingressos para assistir o filme que desejar em qualquer cinema de Rede CINEMARK.

De acordo com o Presidente da Associação, Ed Marcos Saba, o objetivo da campanha é dar enfoque nas ações da entidade “Nosso papel é atuar de forma incisiva no Movimento Gerencial. Estamos implementando, nesta gestão, uma série de medidas para fortalecer ainda mais a nossa representatividade. Presentear os novos ingressantes é uma forma de celebrar a nova fase! Vale lembrar que a imagem, já consolidada da AGECEF/SP é resultado do trabalho de excelentes profissionais que já passaram pelo corpo diretivo desde sua fundação. Trata-se de um trabalho de longa data”, enaltece.

Vêm novidades por aí! Várias outras campanhas serão realizadas. Aguardem!


Associação de Gestores da CAIXA da capital paulista recebeu 120 líderes de 31 AGECEF'S do Brasil para debater e deliberar questões das relações de trabalho

Nos últimos dias 17 e 18, a AGECEF/SP recepcionou, mais uma vez, o Encontro Nacional das Associações de Gestores da CAIXA – ENAGECEF, promovido pela Federação Nacional das Associações de Gestores da CAIXA – FENAG, no Novotel São Paulo Jaraguá Conventions.

A sexagésima edição do tradicional evento reuniu cerca de 120 lideranças de 31 AGECEF's das cinco regiões do País, que discutiram pontos referentes às atuais condições trabalhistas na CAIXA e deliberaram propostas de soluções do Movimento Gerencial e da base a serem encaminhadas à Direção da Empresa, como RH 184, FUNCEF e Saúde CAIXA.

O congresso também contou com a participação de autoridades da Empresa e da Fundação, que debateram com os congressistas seus principais questionamentos.

Segundo o Presidente da AGECEF/SP, Ed Marcos Saba, "é de extrema importância e valor sediar um evento de tamanha grandiosidade e relevância ao Movimento Gerencial, receber representantes de todas as AGECEF's, autoridades do país como nosso diretor Ceratto, o presidente Vieira da FUNCEF, nosso parceiro e presidente da FENAE, Jair, nossa Corregedora, Girlana, entre outros além de figuras emblemáticas do nosso cenário econômico e educacional como o professor Dr. José Claudio Securato, presidente da Saint Paul Escola de Negócios, nossa parceira. Muito nos honra recepcionar este encontro mais uma vez. É um presente para a AGECEF/SP", comemora.

No primeiro dia, o Diretor de Rede da CAIXA – DEGAN, Roberto Ceratto, discorreu sobre o momento diferente que a Empresa vivencia, cujos desafios envolvem capital e posição de mercado em virtude dos avanços da tecnologia: “Hoje, os trabalhos são realizados em processos analógicos, já defasados. As tarefas necessitam de atualizações. O atual contexto exige inovações”. Ceratto também destacou pontos como encarreiramento, GDP, processos seletivos internos e programas de qualificações.

“O pior já passou”, assegurou o presidente da Saint Paul Escola de Negócios, professor doutor José Claudio Securatto, parceira da AGECEF/SP, ao tecer sobre o atual cenário macroeconômico brasileiro e mundial, causas, reflexos e saídas da crise.

O gerente nacional em exercício de Negociação Coletiva e Relacionameto com o Empregado, Átila do Sacramento Prata, falou sobre o processo de avaliação de desempenho na Empresa baseado na meritocracia, programas customizados e ações educacionais, política de sucessão, PDVE e horas extras: “Precisamos refletir sobre o papel da liderança e entender o contexto da atuação dos líderes na CAIXA”.

Logo após, o presidente da FUNCEF, Carlos Vieira, tratou dos resultados dos últimos 15 anos, redução de custos de R$ 24 milhões no último semestre, projetos em construção, novo modelo de governança sustentável, cenário econômico e controle de ativos: “São nossos ativos que estão na Fundação”.

A Corregedora da CAIXA – CORED, Girlana Granja Peixoto Moreira, debateu com o público sobre a vocação da Corregedoria na Empresa, cultura empresarial, normativos, projeto piloto de certificação digital e ética e afirmou: “Vocês é que conhecem o que realmente ocorre nas redes”.

No segundo dia de evento, as 41 propostas das AGECEF‘s definidas nos encontros regionais realizados em fevereiro, foram apresentadas, debatidas e postas em votação entre todos os demais representantes das Associações presentes para serem levadas à Direção da CAIXA pela FENAG. RH 184, Realize, Saúde CAIXA, FUNCEF e outros temas foram amplamente discutidos durante todo o dia.

O advogado da FENAG e consultor jurídico da AGECEF/SP, Dr. Rogério Ferreira Borges, também esteve no evento para comunicar sobre o status, próximas ações e expectativas da ação civil coletiva movida pela Federação em desfavor da CAIXA, pela revogação da última atualização, versão 33 do normativo RH 184, que implementa descomissionamentos de Gestores por “justo motivo”.

“Findo este t ão grandioso momento, agora é momento de encaminhar as questões às áreas pertinentes, acompanhar os retornos e exigir as providências com tempestividade. Devemos prestar contas à base de Associados perante todas as reivindicações trazidas e o anseio é grande. Este é o nosso papel. E reafirmo o que sempre digo que esta é hora de nos unirmos cada vez mais, pois um movimento gerencial forte alcanç a grandes conquistas para uma CAIXA grande e com empregados satisfeitos. Não adianta apenas reivindicar, tem que participar”, concluiu Ed.


Ataques à Caixa difama a empresa de forma irresponsável

Estamos vendo nos últimos dias, através das redes sociais, ataques à CAIXA, com comentários sobre ela estar em estado de falência. O que mais nos preocupa é que, infelizmente, muitos dos que replicam essa divulgação são empregados da própria empresa, seja funcionários ativos ou aposentados.

A CAIXA é uma Instituição pública de direito privado, com 157 anos de história e sempre esteve à frente das ordenações do Estado Brasileiro. Ademais, cumpre um importante papel na área das políticas públicas do Governo Federal, é parceira estratégica dos estados e municípios, balizadora do mercado comercial (com a concessão de crédito sob taxas de juros abaixo das praticadas pelos demais bancos), é responsável pelos programas sociais, além de ser, também, fundamental na conquista do sonho da casa própria pela população mais carente, dentre tantas outras missões que lhe são atribuídas.

Assim sendo, consideramos que divulgar que a empresa corre risco de falência é uma irresponsabilidade sem tamanho. Nós, bancários, sabemos que o maior capital de uma Instituição Financeira é sua credibilidade e a melhor forma de destruí-la é macular sua imagem. Afirmações como as que estão rodando nas redes sociais são extremamente prejudiciais ao futuro da empresa.

Para finalizar, lembramos que a CAIXA acaba de atingir a marca de segunda maior instituição financeira do Brasil, em ativos, o que não é pouco para uma entidade genuinamente púbica.

Por isso, convocamos toda a comunidade CAIXA a combater essas falácias que em nada contribuem para o futuro da empresa.

Fonte: FENAG


58º ENAGECEF apresenta chapa da FENAG

Congresso definiu as estratégias da chapa Gestão e Participação às eleições da FUNCEF

Realizado nos dias 11 e 12 de março em São Paulo, o 58º ENAGECEF foi um dos encontros mais importantes já promovidos pela FENAG. O congresso aconteceu no Hotel Pergamon e teve como pauta principal as eleições da FUNCEF.

Diante de mais de 100 gestores de todas as partes do Brasil, ocorreu apresentação oficial da chapa da FENAG, Gestão e Participação. Definida a chapa e seus candidatos, os dois dias do encontro serviram para moldar o planejamento estratégico da campanha que reuniu as entidades nesta data para contar com o apoio maciço de todas as AGECEFs.

A FENAG irá participar desse processo eleitoral com chapa pura e contabilizou mais de cinco mil assinaturas de apoio aos candidatos escolhidos. Para o Conselho Deliberativo, Lúcio Flávio Mourão Santos (Mato Grosso do Sul) tem como suplente Rogério Antônio Vida Gomes (Minas Gerais), já para o Conselho Fiscal, Heitor Menegale (Rio de Janeiro) é acompanhado por José Alves Feitosa Filho (Paraíba) titular e suplente, respectivamente.

Aberto as perguntas e sugestões dos gestores presentes, os candidatos mostraram detalhes da atual condição da FUNCEF (política de investimento, risco de liquidez, equacionamento e o alto custo das demandas judiciais) esclareceram pontos da campanha, promovendo o diálogo direto, no propósito de contar com gestores comprometidos no movimento de transformação com base em uma gestão competente.

O 58º ENAGECEF foi especial, pois foi além das reivindicações de alguns direitos dos gestores. O seminário definiu métricas e mostrou um caminho a ser seguido, bem como a elaboração do planejamento estratégico para um novo e necessário momento de transição da FUNCEF. É evidente que a renovação conta com tempo e trabalho árduo, mas a evolução do próprio movimento associativo juntamente com uma mobilização coletiva influenciará a maneira e a condição da base como um todo.

Nilson Moura, Presidente da FENAG diz-se muito satisfeito com a participação e comprometimento de todos os colegas envolvidos no processo, entendendo que, com os trabalhos realizados neste encontro, serão colhidos ótimos frutos no futuro “O 58º ENAGECEF foi de fundamental importância na continuidade das ações da FENAG. Ajustamos o nosso estatuto e, com grande orgulho, lançamos a chapa pura Gestão e Participação às eleições da FUNCEF. Todos celebraram este fato marcante na história da Federação e também se mostraram satisfeitos com apresentação proferida pelo candidato ao Conselho Deliberativo da FUNCEF, Lúcio Flávio. Nosso colega foi muito objetivo ao compartilhar informações de grande relevância sobre o tema com os presentes. Meus parabéns a todos os candidatos pela iniciativa.”, ressaltou.


São Paulo sedia o 57º ENAGECEF

Evento contou com a presença de cerca de duzentos participantes

Nos dias 11 e 12 de setembro foi realizado mais um ENAGECEF - Encontro Nacional das Associações dos Gestores da Caixa. Em sua 57º edição, o seminário, promovido pela FENAG, ocorreu no Hotel Golden Tulip, São Paulo/SP. Estiveram presentes 28 presidentes de AGECEF's, além de associados de todas as partes do país. O Hino Nacional, cantado em uníssono, abriu o evento que justificou mais uma vez toda a força do Movimento Gerencial.

Após a solenidade de abertura foi apresentado um vídeo institucional com as grandes conquistas da FENAG, em seguida, uma nota de rep údio pela ação da Polícia Federal junto aos empregados da CAIXA no Estado da Bahia.

A Mesa Diretiva foi composta por: Antonio Messias Rios Bastos (Diretor Administrativo e Financeiro AGEECEF/BA), Maria Lúcia Dejavite (vice-presidente da FENACEF e APEA/SP), Jair Pedro Ferreira (Presidente da FENAE), José Isaac Freitas (Responsável pela Gerência Nacional de Negociação Coletiva) e Nilson Moura (Presidente da FENAG e AGECEF/SP). De um modo geral, cada representante teve a oportunidade de explanar sobre o difícil momento da categoria. Planejamento nas decisões e união como modo de fortalecimento para reverter as dificuldades foram abordados de forma intensa.

“O comprometimento das AGECEFs é salutar na busca das métricas para os Gestores da Empresa, dá a real importância no segmento que é vital para o prosseguimento da CAIXA como uma sólida instituição”, ratificou Isaac Freitas.

Sem perder a relevância, a continuação das atividades teve a ilustre participação da nutricionista Alessandra Imaizumi. Com o trabalho focado na correção da estrutura alimentar em mapeamento, a especialista ministrou uma palestra sobre as nuances (verdades e mitos) de uma alimentação saudável. Em pleno entrosamento com os participantes, Imaizumi esclareceu as dúvidas sobre o tema.

“A iniciativa é extremamente importante, o pensamento em relação à qualidade de vida. Abordar o tema para os colaboradores é o início da desmistificação daquela ideia cheia de tabus sobre as dificuldades de manter uma alimentação saudável. A nutrição é tão intrínseca na vida das pessoas, que atitudes como esta, corrobora de forma eficiente para a mudança de hábito do indivíduo”, definiu a nutricionista.

O segundo dia do encontro foi reservado para discutir temas que nascem nas bases das AGECEFs. As propostas providas nos Encontros Regionais foram apresentadas pela Mesa Diretiva do CONDEL (Conselho Deliberativo). Este ano tivemos mais de 50 sugestões, o que demonstra o compromisso dos Gestores da CAIXA em todo país.

Conheça algumas: Reposição de empregados, horas extras, carreira dos Gestores, revogação da norma que veda a substituição em cascata nas ausências dos Gestores, transparência nas promoções, adequação do valor de reembolso devido à transferência que está estagnado há anos, não discriminação aos empregados que optaram a permanecer no plano de previdência da FUNCEF REG/REPLAN não saldado, volta do representante da rede com poder de decisão nos comitês disciplinares e apoio para que a FENAG auxilie na formação e progresso na carreira dos Gestores (como a proposta de contratação de empresa de coaching voltado à gestão).

Além desses temas o CONDEL aprovou e autorizou a diretoria da FENAG a constituir uma empresa com fins buscar parcerias comerciais objetivando a independência financeira tanto da FENAG como das AGECEFs , tendo a possibilidade assim de trazer mais retorno e maiores benefícios aos gestores.

Nilson Moura, Presidente da FENAG, discorreu sobre a sua avaliação a respeito do evento e a atuação dos participantes de todas as AGECEF's “O ENAGECEF é um momento muito importante para os gestores da CAIXA. Um dos pontos fortes dessa edição do encontro é que dentre as propostas apresentadas, além daquelas reivindicativas, pudemos contemplar também as de cunho de proteção à Empresa. A CAIXA está de parabéns por ter em seu quadro de profissionais pessoas tão comprometidas não somente com suas carreiras, mas que almejam traçar um futuro ainda mais forte para instituição”, enaltece.

Novamente o ENAGECEF ratifica sua importância para os Gestores e a própria política da CAIXA, essa congregação nacional fortalece o profissional como líder educador, um vetor para que a instituição possa alcançar as metas e cumprir adequadamente os fins estratégicos que são impostos no contexto socioeconômico, fundamental para alinhar pensamentos na condução das políticas e suas diretrizes.


AGECEF/SP é contemplada com placa de homenagem no evento da SR ABC

Com grande honra comunicamos que AGECEF/SP, representada pelo seu presidente, Nilson Moura foi contemplada com uma placa de homenagem no evento da SR ABC. O ensejo visa o reconhecimento pelos resultados de 2014 aos empregados e agências que edificaram as conquistas da SR no ano que passou.

A solenidade, realizada em 1 de abril, agraciou parceiros, colaboradores e representantes de diversas áreas da CAIXA com a belíssima honraria, dentre eles: o Superintendente Nacional, Luiz Carlos Costa Formigari e também a parceira da AGECEF/SP e SR ABC, RDC Férias, o diretor Ari Cirilo representou a empresa. Foram homenageados ainda Gildasio (GIFUG), Cesar Puccinelli (GILOG) e Marcelo (Área de Segurança).

Para Nilson Moura, receber a homenagem foi muito gratificante! Surpreso, o presidente da Associação mensurou a importância do reconhecimento de uma Superintendência pela atuação em prol dos Gestores “Foi um grande presente para a AGECEF/SP ter tamanho destaque em uma SR. Isso denota o sucesso dessa parceria e fortalece a instituição, tornando-a ainda mais atuante”, explica.

Parabenizamos o Superintendente da SR ABC, Everaldo Coelho, pela iniciativa e agradecemos essa importante homenagem.


Reunião SR Baixada Santista

A AGECEF/SP, representada pelo seu Presidente, Nilson Moura, esteve no dia 18 de março, presente na SR Baixada Santista para apresentação da missão e atividades realizadas pela Associação.

No propósito de difundir os ideais defendidos pelas instituições AGECEF/SP e FENAG, estão sendo realizados diversos encontros nas SRs do Brasil. Os eventos possibilitam maior aproximação entre corpo diretivo e os Gestores da CAIXA e facilitam a troca de informações sobre os principais fatos que ocorrem no Movimento Gerencial.

Segundo Nilson Moura, a ocasião foi muito produtiva para apresentação das conquistas recentes em prol da classe e também debater sobre o atual cenário na FUNCEF. “Essa proximidade com os Gestores é salutar para consolidar nossas lutas. Fiz ainda a defesa da CAIXA 100% Pública e foram sorteados aos presentes diversos brindes, dentre eles, uma carta cortesia da empresa parceira RDC Férias”, conta. A contemplada no sorteio foi a Gerente Geral Lucila de Campos Pinto, da Agência Marechal, situada na cidade de Santos.

Nilson aproveitou para agradecer a bela recepção pelo Superintendente José Paulo e a Gerente Administrativa Valquíria.

Após o evento foi estabelecido ainda que será levado à SR Baixada Santista o parceiro coach e ex Superintendente da CAIXA, Álvaro Barbosa Correa Jr.

Essa foi mais uma iniciativa bem sucedida da AGECEF/SP, estamos cada vez mais firmes em nossa proposta de atuar em defesa do Gestor com ética, determinação e transparência. Juntos somos mais fortes!


Presidente da AGECEF/SP se reúne com a GIPES/SP

Aconteceu hoje, dia 23 de fevereiro, reunião entre o presidente da AGECEF/SP Nilson Moura e membros da GIPES: a Gerente Conceição Bemerguy e o Coordenador Leandro Correia.

O objetivo do encontro é estreitar laços entre a Associação e esse importante setor da CAIXA, através de parcerias entre ambas, para a realização visitas, treinamentos, palestras, dentre outras atividades promovidas com foco na prestação de serviços aos Gestores de São Paulo.

Segundo Nilson Moura, a reunião foi produtiva e tratou de diversos assuntos de interesse da classe. O resultado foi muito positivo, falamos de projetos voltados a carreira e saúde dos Gestores, que coincidentemente temos em comum. Está incutido em nossa representatividade a boa comunicação entre a AGECEF/SP e a sua categoria. Nada mais eficiente do que estarmos cada vez mais próximos dos Gestores dentro da própria CAIXA!", conclui.


Visitas nas Superintendências da CAIXA

A AGECEF/SP está promovendo um ciclo de visitas às Superintendências da CAIXA em São Paulo. Os encontros têm por objetivo estreitar relações entre SRs e também solicitar espaço nas reuniões de gerentes, a fim de difundir o trabalho das instituições AGECEF/SP e FENAG.

Essa ação é muito importante para que a classe conheça o poder de representatividade de ambas as entidades possuem e ajudem a fortalecer a nossa luta se tornando sócios.

Nesta semana, Nilson Moura, diretor presidente da Associação foi recebido pelos Superintendentes Pavanelli (SR Ipiranga), Adriano (SR Santana) e Ferolla (SR Santo Amaro). A receptividade não poderia ser melhor! Todos explicitaram seu interesse e disposição para a abertura de um canal de dialogo entre os Gestores e a Associação. “Entendo e tenho defendido nas reuniões da FENAG, que os Superintendentes são os facilitadores na aproximação com os Gestores”, afirma.

O Presidente da AGECEF/SP enfatiza ainda que a parceria é muito positiva, pois além da oportunidade de divulgar a entidade, é possível também contar um pouco da trajetória do Movimento Gerencial, suas principais conquistas e bandeiras, ale, dos convênios e os projetos.

Os encontros com as demais superintendências estão agendadas para as próximas semanas. Acompanhem!